Loading...

domingo, 19 de abril de 2009

OS PROBLEMAS DAS GRANDES CIDADES BRASILEIRAS


Nos debates em sala de aula deste bimestre, estamos abordando os problemas das grandes cidades brasileiras (Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e outras). São diversos tipos de problemas socioeconômicos e ambientais.

Do ponto de vista socioeconômico, podemos dizer que a má distribuição de renda no Brasil gera muitos contrastes sociais e inúmeros casos de exclusão social, analfabetismo, desemprego, fome, miséria, falta de saneamento básico, falta de moradia, criminalidade e diversos outros problemas.

Na questão ambiental, as grandes cidades brasileiras são as que mais colaboram para o agravamento da poluição do ar e da água, bem como a poluição sonora e visual. Visto que são nas grandes cidades (principalmente) que há mais concentração de indústrias, veículos automotivos, ruídos e propagandas por toda a cidade. Logo, o grau de poluição é bem maior.

Alunos do 7º Ano: com base neste tema e em seus conhecimentos sobre o assunto, disserte sobre os problemas das grandes cidades brasileiras e aponte possíveis soluções para tais problemas. (Valor 3,0 pontos – Mínimo de 5 (cinco) linhas coerentes com o tema proposto e sem erros ortográficos. As cópias de livros e sites da internet e/ou de colegas de sala, serão desconsideradas. Leia, reflita e deixe as suas próprias considerações. Sei que você é capaz. Bom trabalho!)

E SE NÃO TIVÉSSEMOS SOFRIDO UMA COLONIZAÇÃO?


Neste bimestre estamos debatendo em sala de aula sobre a colonização da América. Brutalmente, a América foi invadida e explorada por europeus. Em momento algum se respeitou a cultura e a organização dos povos que já habitavam o continente americano.

Vale lembrar que antes da chegada de Cristóvão Colombo e toda a sua tripulação, o continente americano era habitado e organizado por diversas tribos indígenas. Algumas tribos bastante evoluídas para a época, como por exemplo: os incas, os maias e os astecas, que eram povos que dominavam conhecimentos de arquitetura, matemática e astronomia. Contudo, os colonizadores europeus não respeitaram tal organização. Impuseram uma nova cultura, escravizaram e até destruíram muitos povos americanos. Exploraram os recursos naturais e enriqueceram seus países de origem através de um trabalho escravo.

Todos esses fatos que são abordados em nossos debates sobre a América em sala de aula, nos levam à reflexão de como seria atualmente a América, caso não houvesse acontecido a invasão e a colonização européia. Será que estaríamos melhores ou piores do que estamos hoje? Será que os países latinos americanos seriam mais ou menos desenvolvidos do que são atualmente?

Alunos do 8º Ano: com base neste tema e em seus conhecimentos sobre o assunto, disserte sobre a possível “não colonização da América”. Como estaríamos atualmente, caso Colombo ou qualquer outro colonizador não tivesse “pisado” na América? Considere em sua opinião os aspectos ambientais, econômicos, sociais e culturais. (Valor 3,0 pontos – Mínimo de 5 (cinco) linhas coerentes com o tema proposto e sem erros ortográficos. As cópias de livros e sites da internet e/ou de colegas de sala, serão desconsideradas. Leia, reflita e deixe as suas próprias considerações. Sei que você é capaz. Bom trabalho!)