Loading...

domingo, 12 de julho de 2009

A REGIÃO “PROBLEMA” DO BRASIL...


Caros alunos do 7º ano:

Durante o terceiro bimestre estudaremos a região Nordeste do Brasil, região esta, considerada por muitos pesquisadores como a região “problema” do país. Isso pelo fato de apresentar inúmeros problemas socioeconômicos, tendo como principal causa, a seca que castiga grande parte da população nordestina. Veremos durante os debates em sala de aula, que esta região tinha tudo para ser a mais desenvolvida do Brasil. Pois foi lá, ainda no século XV, que surgiram as primeiras atividades econômicas do Brasil. Basicamente o Nordeste brasileiro passou por três ciclos econômicos: a extração vegetal, a indústria açucareira e pecuária e a indústria cacaueira.

Atualmente, apesar das belas paisagens que o Nordeste abriga, os problemas causados pela seca ainda continuam sendo os mais graves para a região. Inúmeros projetos já foram realizados na região. Porém, nem sempre as verbas destinadas a tais projetos são aplicadas de fato. O mais novo projeto para região, “Transposição do rio São Francisco” já teve início neste ano. Contudo, não se sabe de fato se resolverá o problema da seca para todos os nordestinos.

Sendo assim, reflita sobre o problema da seca no Nordeste e apresente soluções para tal problema. O que poderia ser feito para solucionar este problema que já faz parte da vida de milhares de nordestinos? Qual seria o seu projeto, caso fosse um político honesto e preocupado com a população carente da região Nordeste?
Lembre-se de deixar seu nome e a sua turma. Digite primeiro no editor de textos, corrija os erros ortográficos e depois copie e cole aqui no blog.

Bom trabalho e bastante criatividade!! Sei que vocês são capazes.

EUA – POTÊNCIA ECONÔMICA E MILITAR...


Caros alunos do 8º ano:

Neste 3º bimestre estamos debatendo sobre a América do Norte, em especial sobre os Estados Unidos da América (EUA). Vimos que desde o início da independência deste país, ele já se posicionou como potência no mundo.

Durante o governo autoritário de Jorge W. Busch, praticamente todo o mundo se curvou às ordens e aos interesses dos EUA. Na verdade nem a Organização das Nações Unidas (ONU) pôde com o autoritarismo de Busch. Um bom exemplo disso é o fato dele não ter assinado o Protocolo de Kyoto e a ONU nada fez para obrigá-lo. Nem mesmo o ataque de 11 de Setembro de 2001, fez com que Jorge W. Busch se intimidasse. Muito pelo contrário, no mesmo dia declarou guerra ao Afeganistão.

Atualmente, com a saída de Busch da presidência, com a posse de Baraki Obama e com os efeitos da crise mundial, (que teve início justamente nos EUA) parece que os estadunidenses começaram a perceber que mesmo as “potências” não estão imunes a “catástrofes”.

Sendo assim, reflita sobre o tema “Mesmo com a crise econômica, os EUA podem continuar sendo considerados como potência mundial”? Redija um pequeno texto sobre este tema (mínimo 5 linhas) expondo a sua opinião. Lembre-se de colocar seu nome e sua turma no final. Digite primeiro no editor de texto, corrija os erros ortográficos, copie e cole aqui no blog. Use toda a sua criatividade. Sei que vocês são capazes. Bom trabalho!!