Loading...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

UM POUCO SOBRE MARX...


Karl Heinrich Marx nasceu em Tréveris na Alemanha no dia 5 de maio de 1818 e faleceu em Londres em 14 de março de 1883. Foi um intelectual e revolucionário alemão, fundador da doutrina comunista moderna (socialismo), atuou como economista, filósofo, historiador, teórico político e jornalista.
O pensamento de Marx influencia várias áreas, tais como Filosofia, História, Sociologia, Geografia, Ciência Política, Antropologia, Psicologia, Economia, Comunicação, Arquitetura e outras. Em uma pesquisa da rádio BBC de Londres, realizada em 2005, Karl Marx foi eleito o maior filósofo de todos os tempos.
Marx foi o 3º de sete filhos, de origem judaica de classe média da cidade de Tréveris, na época no Reino da Prússia. Sua mãe, Henri Pressburg (1771–1840), era judia holandesa e seu pai, Herschel Marx (1759–1834), um advogado e conselheiro de Justiça. Herschel descende de uma família de rabinos, mas se converteu ao cristianismo luterano em função das restrições impostas à presença de membros de etnia judaica no serviço público, quando Marx ainda tinha 6 anos.[2] Seus irmãos eram Sophie (d. 1883), Hermann (1819-1842), Henriette (1820-1856), Louise (1821-1893), Emilie (adotado por seus pais), Caroline (1824-1847) e Eduard (1834-1837).
Em 1830, Marx iniciou seus estudos no Liceu Friedrich Wilhelm, em Tréveris, ano em que eclodiram revoluções em diversos países europeus. Ingressou mais tarde na Universidade de Bonn para estudar Direito, transferindo-se no ano seguinte para a Universidade de Berlim, onde o filósofo alemão Georg Wilhelm Friedrich Hegel, cuja obra exerceu grande influência sobre Marx, foi professor e reitor. Em Berlim, Marx ingressou no Clube dos Doutores, que era liderado por Bruno Bauer. Ali perdeu interesse pelo Direito e se voltou para a Filosofia, tendo participado ativamente do movimento dos Jovens Hegelianos. Seu pai faleceu neste mesmo ano. Em 1841, obteve o título de doutor em Filosofia com uma tese sobre as "Diferenças da filosofia da natureza em Demócrito e Epicuro". Impedido de seguir uma carreira acadêmica, tornou-se, em 1842, redator-chefe da Gazeta Renana (Rheinische Zeitung), um jornal da província de Colônia; conheceu Friedrich Engels neste mesmo ano, durante visita deste a redação do jornal.
Caro aluno, em sua opinião, o idealismo de Marx e Engels funcionaria no mundo atual, onde a maioria da população pensa apenas em se beneficiar sem qualquer preocupação com o próximo? Comente sobre isso. Lembre-se de colocar seu nome e sua turma. Cuidado com os erros de Português. Digite primeiro no editor de textos (Word), corrija os erros, copie e cole no campo comentários do Blog. Bom trabalho!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

É HORA DE...


Cada dia é um recomeço:

Podemos achar que tudo que a vida nos oferece amanhã é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos reparar que nenhum dia é igual ao outro.
Cada manhã traz uma bênção escondida; uma bênção que só serve para este dia, e que não pode ser guardada ou reaproveitada. Se não usarmos este milagre hoje, ele se perderá.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto, porque ali encontramos a saída para as nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista certa para a decisão que precisa ser tomada.
Não podemos deixar nunca que cada dia pareça igual ao anterior - porque todos os dias são diferentes.
Paulo Coelho
Por Pedrosa, Vicente

Caros alunos:

vamos recomeçar o ano letivo com todo o entusiasmo e coragem para conquistarmos todos os nossos ideais. O que passou, passou. Temos que prestar atenção no presente. Pois, são das ações do presente que dependerá o nosso futuro. Saúde, sorte e coragem para todos nós!!

Sejam bem-vindos!!

Prof. Vicente Pedrosa