Loading...

sábado, 20 de maio de 2017

REVOLUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA

Assista ao vídeo e leia o texto:


A Revolução Técnico-científico-informacional ou Terceira Revolução Industrial entrou em vigor na segunda metade do século XX, principalmente a partir da década de 1970, quando houve uma série de descobertas e evoluções no campo tecnológico.

Essa nova etapa de produção está vinculada à inserção de uma enorme quantidade de tecnologia e informação. Essa revolução, por sua vez, está ligada diretamente à informática, robótica, telecomunicação, química, uso de novos materiais, biotecnologia, engenharia genética, entre muitos outros, que recentemente fazem parte de praticamente todos os segmentos produtivos que marcam essa etapa, assim como outros fatos marcaram as revoluções industriais do passado.


Essa revolução é um dos principais combustíveis para o desenvolvimento do capitalismo moderno e especialmente do processo de globalização que visa uma flexibilidade de informações, além de um acelerado dinamismo no fluxo de capitais e mercadorias. Trata-se da fase mais atual do Capitalismo.

Fonte: http//www.mundoeducacao.com.br

Caro aluno, durante os debates em nossas aulas, discutimos o quanto essa "onda" tecnológica atinge nosso cotidiano. É inevitável não fazer parte de toda essa "revolução técnico-científica", somos seres integrantes da mesma. Contudo, sabemos que nem todas as gerações estão aptas a lidar com tanta tecnologia. Na verdade, para muitas pessoas algumas inovações tecnológicas é como mágica, ou seja, algo extraordinário e imaginável.   

Neste espaço você poderá relatar sua experiência ao conversar com uma pessoa acima de 60 anos de idade, sobre a visão dela a respeito das inovações tecnológicas.  Como essas pessoas lidam com as tecnologias do mundo capitalista e globalizado? Há dificuldades? Qual a maior delas? Converse com essas pessoas e relate aqui um comentário sobre a conversa. Cuidado com o plágio e os erros ortográficos. Não se esqueça de colocar seu nome e sua turma no final do comentário. Bom trabalho!!


53 comentários:

Anônimo disse...

1)como era a tecnologia na sua época ?
R=havia tecnologia mas não era tão avançada como atualmente e tambem era de difícil acesso normalmente apenas as pessoas ricas tinham energia elétrica ,Televisão,geladeira e etc
2)Quais as vantagens e Desvantagens da tecnologia em sua opnião?
R=vantagem:rápida comunicação
desvantagem:para as pessoas idosas o ruim é que temos que nos adaptar essas inovações tecnológicas
3)Quando criança você tinha alguma tecnologia em casa?
R= sim.um radio de Pilhas
4)você acha a tecnologia importante no mundo atual?
Sim concerteza mas ela deve ser usada de forma correta para não ser prejudicial
5)Voce acha que o avanço da tecnologia prejudicou as pessoas mais velhas ?
R=Sim.Pois elas tem que se adaptar frequentemente aos novos avanços tecnologias
6)como a tecnologia influenciou nas brincadeira das crianças hoje em dia comparada as crianças de sua época ?
R=na minha época as brincadeiras eram como bolinha de gude,futebol,amarelinha,passa anel,rouba bandeira as crianças se comunicavam mais faziam novas amizades já nos dias atuais muitas só ficam na frente do computador ou vídeo games e se esquecem de viver o mundo real
7)Em sua opnião qual a diferença da tecnologia de antigamente para a tecnologia de hoje?
R=a tecnologia de hoje é de fácil acesso para pessoas mais pobres já a tecnologia de antigamente se limitava somente a pessoas ricas
8) você acha que a tecnologia prende as pessoas ?
R= sim .pois as pessoas se isolam do mundo real e ficam apenas no mundo virtual
Nome :João Marcos Siqueira Pereira _ numero:13 _turma:3º ano B

jhenifer elisabete disse...

O objetivo com que executei esse trabalho proposto é para tentar mostrar um pouco como a globalização afetou e afeta a vida das pessoas, uma vez que a vida dos idosos foram mais afetadas, pois eles viviam numa sociedade totalmente diferente em condições precárias e sem meios de informações, entretanto, a geração de jovens é a que menos foram afetadas onde podem usufruir de tudo ou quase tudo que quiserem. Agora vou descrever a conversa que tive com a minha avó que hoje tem 76 anos sobre a Revolução Técnico-científica que diz gostar de viver nesse mundo, que está cada dia mais evoluído, ela disse que isso para ela é uma novidade porque antigamente não existia nada disso, trabalhava com a mãe na roça com 7 irmãos e ali não existia nem luz direito, por ser cidade rural não existia energia elétrica, e me disse com voz entuante que agora as coisas estão muito diferentes, minha avó Geralda teve seu primeiro celular com 71 anos e disse que teve muita dificuldade de aprender a usá-lo, ela falou que passou a ter mais acesso a televisão depois de adulta tbm, ela só não gosta de internet, nem de computador, disse que essa é uma INOVAÇAO muito evoluída pra cabeça dele e pelo estudo também que ela não teve, mas apesar de não fazer uso disso, ela me deu um conselho que gostei muito: “Fico muito feliz com essas coisas que podem ajudar o crescimento de vocês filha, aproveite isso pra crescer na vida e não desperdice, toda vez que pensar em desistir lembre da minha vida quando era da sua idade que não tinha nenhuma informação de nada, quanto mais pensar em crescer”. Isso me chamou muito à atenção e me ajudou a refletir em o que eu posso ser amanhã enquanto profissional, porque sei que todas as possibilidades de informações, e sabedoria vão refletir em meu futuro enquanto profissional. Minha avó se casou muito jovem, tinha apenas 18 anos com condições muito difíceis. Atualmente ela é viúva e uma avó de terceira idade muito atualizada, viaja muito de avião, e me incentiva ainda a viajar, olha que nem eu nunca viajei de avião, e ela acha super legal e divertido, ela só nunca dirigiu carro, perguntei ela a respeito e me deu uma rachada, que prefiro nem comentar (Risada). Mas assim de um modo geral vejo que ela se adaptou bem nesse mundo de hoje e ela se encontra feliz assim e com certeza melhor que antigamente. Indaguei a ela se fosse possível se ela teria vontade de trocar de tempo com o passado e voltar a vida como era, nossa, ela disse: “não pois agora as coisas estão muito mais fáceis para resolver e pra tudo a vida melhorou, gosto de ficar aqui na minha salinha assistindo televisão, as novelas (risada). Já ia me esquecendo de comentar sobre o DVD, minha avó disse pra mim que não vive mais sem ele, é apaixonada por aqueles DVDs sertanejos de raiz, falou que toca o coração dela. Redes sociais também ela não gosta, porque falou que tem muita coisa errada.
Nome:Jhenifer Elisabete Turma:3º D/ Nº 19.

Anônimo disse...

Obtive uma conversa simples e informal com a minha avó e nessa conversa fiz algumas perguntas para ela, sendo assim fiz um breve resumo do que ela disse.

Minha avó gosta bastante de tecnologia apesar de não ter muita intimidade com ela, acha também que adianta muito a vida das pessoas que sabem usá-la corretamente. Na sua infância não teve muito contato com tecnologia e não acha que fez falta no cotidiano, mas hoje acostumada com os avanços tecnológicos acha que sentiria muito a falta deles. E que apesar de adiantar a vida das pessoas também atrapalha bastante.
Ela como uma boa pessoa curiosa se rendeu a tecnologia avançada e hoje tem um smartphone e aprendeu a manuseá-lo assim como vem aprendendo a usar o computador.

Júlia Beatriz Dantas 3ºE

Marcela Lima disse...

A revolução técnico-científica-informacional aos olhos de quem foi veiculo para mesma
Nessa síntese de entrevista uma senhora, nascida em 1939, relata um pouco da sua vida, da sua visão e do seu passado. Mostrando como as tecnologias se encaixaram nesse contexto.
A revolução técnico-científica também conhecida como a terceira revolução industrial deu-se a partir da implementação do uso da ciência nas produções, gerando também redes de comunicações que deixaram o mundo pequeno. A chegada dessas produções para população foi algo que causou espanto e admiração. Inicialmente as produções eram de acessibilidade restrita devido à baixa produção; os custos para produzir eram altos, deixando os produtos inacessíveis à grande parcela da população. Isso mudou progressivamente com a aplicação e evolução da ciência e hoje se vê o resultado no cotidiano, em que todos estão inseridos aos meios tecnológicos.
Dona Elza viveu boa parte da sua vida no meio rural, onde não havia recursos tecnológicos como geladeira, fogão, energia elétrica, televisão, celular. Ela retrata que cozinhava no fogão de lenha, tomava banho em águas esquentadas e coletivas, que não armazenava alimentos, pois os mesmos começavam a entrar em decomposição. Disse que não sabia o que acontecia na política e nem nos outros cantos dos países, que a primeira vez que viu uma televisão foi aos 20 anos, e que foi de extrema admiração poder ver cenas dentro de uma caixa. Atualmente ela abriga em sua residência todos esses eletrodomésticos e convive com esses meios, que pela visão dela facilitou a sua vida. Diz ela que a vida era muito sofrida, mas que as pessoas não deixavam de serem felizes, acrescenta que não sente necessidade de mais nenhum meio tecnológico, mas não deixa de assistir sua missa pela tela.
De fato a tecnologia influencia muito na sua vida atual, principalmente na saúde, área que com a revolução passou a abrangir imensa quantidade de recursos, o que aumentou a vida da população e trouxe para a Dona Elza condições de investigar, monitorar, tratar e até mesmo curar seus problemas de saúde. E que todos os fatores vieram para tornar os seus dias mais tranquilos, e que o futuro reserva novas inovações que facilitarão ainda mais o cotidiano das pessoas.

Marcela Lima Braga Matos 3°E

Prof. Vicente Pedrosa disse...

Ótima participação de João Marcos, Jhenifer, Júlia e Marcela. Muito bom! Pesquisa coerente dentro do que foi proposto. Parabéns e continuem participando das aulas.
Abraço a todos!

Anônimo disse...

O conceito de inovação é bastante variado e depende principalmente da sua aplicação. Considera-se que inovação é a exploração com sucesso de novas ideias. E sucesso para as empresas, por exemplo, significa aumento de faturamento, acesso a novos mercados, aumento das margens de lucro, entre outros benefícios. Dentre as várias possibilidades de inovar, aquelas que se referem a inovações de produto ou de processo são conhecidas como inovações tecnológicas. Outros tipos de inovações podem se relacionar a novos mercados, novos modelos de negócio, novos processos e métodos organizacionais. Ou, até mesmo, novas fontes de suprimentos.
O anônimo entrevistado cita que na sua infância a tecnologia não era tão evoluída e só tinham acesso pessoas com melhores poderes aquisitivos. A tecnologia veio para ajudar os jovens que nasceram na era tecnológica, nós mais velhos temos maior dificuldade de adaptação com toda essa tecnologia. Muitos idosos não confiam no poder da tecnologia, chegam até a duvidar da sua veracidade, fazendo com que eles não experimentem certos produtos digitais.
Stephany Gomes Cassiano, nº33, 3ºD

jhenifer elisabete disse...

O objetivo com que executei esse trabalho proposto é para tentar mostrar um pouco como a globalização afetou e afeta a vida das pessoas, uma vez que a vida dos idosos foram mais afetadas, pois eles viviam numa sociedade totalmente diferente em condições precárias e sem meios de informações, entretanto, a geração de jovens é a que menos foram afetadas onde podem usufruir de tudo ou quase tudo que quiserem. Agora vou descrever a conversa que tive com a minha avó que hoje tem 76 anos sobre a Revolução Técnico-científica que diz gostar de viver nesse mundo, que está cada dia mais evoluído, ela disse que isso para ela é uma novidade porque antigamente não existia nada disso, trabalhava com a mãe na roça com 7 irmãos e ali não existia nem luz direito, por ser cidade rural não existia energia elétrica, e me disse com voz entuante que agora as coisas estão muito diferentes, minha avó Geralda teve seu primeiro celular com 71 anos e disse que teve muita dificuldade de aprender a usá-lo, ela falou que passou a ter mais acesso a televisão depois de adulta também, ela só não gosta de internet, nem de computador, disse que essa é uma INOVAÇAO muito grande pra cabeça dela e pelo estudo também que ela não teve, mas apesar de não fazer uso disso, ela me deu um conselho que gostei muito: “Fico muito feliz com essas coisas que podem ajudar o crescimento de vocês filha, aproveite isso pra crescer na vida e não desperdice, toda vez que pensar em desistir lembre da minha vida quando era da sua idade que não tinha nenhuma informação de nada, quanto mais pensar em crescer”. Isso me chamou muito à atenção e me ajudou a refletir em o que eu posso ser amanhã enquanto profissional, porque sei que todas as possibilidades de informações, e sabedoria vão refletir em meu futuro enquanto profissional. Minha avó se casou muito jovem, tinha apenas 18 anos com condições muito difíceis. Atualmente ela é viúva e uma avó de terceira idade muito atualizada, viaja muito de avião, e me incentiva ainda a viajar, olha que nem eu nunca viajei de avião, e ela acha super legal e divertido, ela só nunca dirigiu carro, perguntei ela a respeito e me deu uma rachada, que prefiro nem comentar (Risada). Mas assim de um modo geral vejo que ela se adaptou bem nesse mundo de hoje e ela se encontra feliz assim e com certeza melhor que antigamente. Indaguei a ela se fosse possível se ela teria vontade de trocar de tempo com o passado e voltar a vida como era, nossa, ela disse: “não pois agora as coisas estão muito mais fáceis para resolver e pra tudo a vida melhorou, gosto de ficar aqui na minha salinha assistindo televisão, as novelas (risada). Já ia me esquecendo de comentar sobre o DVD, minha avó disse pra mim que não vive mais sem ele, é apaixonada por aqueles DVDs sertanejos de raiz, falou que toca o coração dela. Redes sociais também ela não gosta, porque falou que tem muita coisa errada.

Vitória Gonçalves disse...

As duas últimas gerações(Y e Z) estão mais adeptas quanto ao aparato de tecnologia que nos é oferecido hoje em dia, percebo isso quando vejo que os jovens dominam um aparelho celular, ou eletrônico qualquer muitas das vezes sem o auxílio de um manual de instruções, vejo crianças de 3 anos com seus tablets sem nenhuma dúvida sobre como manusear o aparelho, ainda que que na minha opinião as crianças hoje em dia estejam perdendo toda a infância agarrados a uma tela e dentro de suas casas, e isso ainda afetará em algo o seu desenvolvimento, isso existe por toda parte. Tendo uma conversa com meu avô Vicente e minha avó Eliane, percebi que eles estão bastante íntimos de algumas tecnologias vindas da revolução técnico científica, minha avó até um pouco mais que meu avó, ela tem vontade de viajar de avião, já fez curso de computação e tem vontade de trocar de celular também, já que o dela só possui funções básicas como ligar e envio de mensagens e vive me perguntando algo referente ao mundo da internet, como por exemplo coisas relacionadas à internet sem fio(wifi) e mesmo achando todos esses celulares e computadores modernos e úteis minha avó detesta o fato de meus primos ficarem o dia inteiro jogando jogos no Xbox, ela acha um absurdo os meninos preferirem sentar em uma cama e ficarem jogando do que jogarem uma partida de futebol no campinho. Meu avô não tem vontade e nem curiosidade de fazer uma viagem de avião, porém ele entende da tecnologia da TV 4K da sala, usa GPS em suas viagens, e usa câmera digital pra registrar momentos através de fotos, já que seu celular também é simples e oferece as funções básicas. Ambos preferem à TV com acesso à internet, usam pen drives ou CD's para ouvirem suas músicas antigas no carro, percebo que pouco a pouco os dois vão se abrindo cada vez mais para conhecerem e usufruirem dessa tecnologia.
Vitória Moreira, N°34, turma:3ºD

Anônimo disse...

É evidente o grande impacto que a revolução técnico-científica e a globalização causaram na sociedade, trazendo consigo inúmeras vantagens apesar de algumas desvantagens também, afetando diretamente ou indiretamente toda a população mundial.Dentro desse contexto dos impactos sociais que proporcionaram, eu tive uma breve conversa com minha avó, já com seus 76 anos pra entender um pouco sobre a visão de uma pessoa que não nasceu em uma época tão desenvolvida tecnologicamente a respeito de tudo isso.Ela deixa claro o quanto é surpreendente pra ela toda essa nova realidade, principalmente pelo fato de nas últimas décadas os avanços tecnológicos terem crescido consideravelmente. Ela relata que antigamente o fato de possuir uma televisão e um telefone fixo era algo bastante inovador e eram poucas as pessoas que possuíam, ela mesmo diz ter adquirido os mesmos só alguns anos depois que foram lançados e para ela é incrível como atualmente são objetos bastante comuns e bem evoluídos.Diz ter bastante dificuldade de acompanhar o ritmo acelerado de tudo isso, por exemplo, ela sabe da existência das redes sociais através dos filhos e netos que as acessam, mas não é usuária das mesmas,até porque ela afirma ser um absurdo uma tela ser capaz de aproximar pessoas tão distantes e afastar as pessoas próximas, ou seja, os meios de comunicação influenciaram na forma como as pessoas se relacionam, diferentemente do que era a alguns anos atrás. Mas ainda assim ela reconhece as facilidades de comunicação que todo esse avanço tecnológico proporcionou a ela como saber notícias de um parente de outra cidade, se informar sobre os acontecimentos do meio em que vive e de todo o mundo, a melhoria na saúde, que atualmente é de extrema importância para ela devido a idade e as suas debilidades, os passeios que hoje ela pode fazer com frequência, dentre outros benefícios que não só para ela,mas para inúmeras pessoas se tornaram necessários para o cotidiano, mesmo que ela ainda possua pouco contanto com alguns eletrônicos e ainda seja fechada para alguns deles.
Rafaela Sabrina Reis Matos, n°30, 3°D

Anônimo disse...

Nesse mundo atual com grandes avanços científicos e tecnológicos, se adaptar pode ser muito difícil para algumas pessoas, o que acontece com a minha avó de 76 anos. Ela prefere evitar as inovações tecnológicas pois tem muita dificuldade em aprender a utilizá-las. Por isso, ela possui o mínimo de equipamentos eletrônicos. Por exemplo, o telefone: ela apenas possui apenas o residencial por ser mais simples e por ser eficaz na comunicação, diferente do celular que ela diz que não conseguiria se adaptar e por isso prefere não ter um. No caso da TV à cabo recentemente instalada, ela apenas sabe mudar os canais e alterar o volume.
Fora de casa ela passa por dificuldades no banco. Ela normalmente pede minha mãe para ir no lugar dela, mas quando ela vai, alguém precisa auxiliá-la.

Débora Reis, 3ºF

Camila Cristina disse...

No mundo atual, a tecnologia encontra-se cada vez mais avançada, e um dos mais afetados com tal revolução são os idosos.
Em uma conversa com uma senhora de 65 anos , percebe-se dificuldades até mesmo ao falar sobre o assunto , ela diz que, antigamente os meios de comunicações eram somente através de cartas , as formas de trabalho eram braçais , não tinham acesso a informações tais como medicamentos e equipamentos de prevenção, curas de doenças,etc. Os meios de transportes eram cavalos, carroças, bicicletas ou trem.
Para ela existe sim várias dificuldades, sendo a maior delas o entendimento e acesso aos meios tecnológicos atuais.
Ela completa dizendo que vê a revolução industrial com aspectos positivos e negativos.
Os positivos: Melhoria de emprego, melhores meios de comunicação propiciando notícias serem passadas mais rápidas para os familiares , o descobrimento de diagnósticos de doenças aumentando a chance de cura.
Aspectos negativos: Falta de união das famílias, falta de sentimento, as pessoas agora estão ligadas somente à tecnologia, destruição de famílias e com as notícias atuais até mesmo de vidas.

Nome: Camila Cristina Cruz de Assis N°8 3°D

Anônimo disse...

Como tudo tem um lado negativo e um positivo, na tecnologia não é diferente. Antigamente muitas pessoas não imaginariam que poderiam resolver "coisas" através de um pequeno aparelho (exemplo minha avó) ela diz que a tecnologia veio pra nós ajudar muito,pois com ela conseguimos resolver assuntos que antigamente teria que sair de casa pra resolver, agora podemos resolver através do próprio celular, ela diz também que as pessoas ficam muito próxima uma das outras mais ao mesmo tempo se distanciam muito e isso tende a piorar cada dia mais. Diz também que não se considera uma pessoas "viciada" em tecnologia mais que seria difícil viver sem ela,pois lhe trouxe enormes benefícios, só temos que saber usar da maneira correta.
Khatleen Fagundes Maia 3°E

Anônimo disse...

Assim como foi proposto pelo professor, tive uma conversa com minha avó que tem 84 anos sobre a tecnologia que nos dias atuais cada dia avança mais. Com seu modo simples de falar ela me disse que acha TUDO DE BOM o que vem se criando,e que na sua idade de mocidade não existia nada do que temos hoje,como ela morava no interior, suas casas eram iluminadas com querosene,velas,telefones e televisores nem pensar, nas casas não existiam fogão a gás todas eram com fogão a lenha,as águas que hoje em dia são encanadas tinham que ser buscadas na bica para serem realizadas as atividades em suas casas.
Nos dias de hoje ela diz que não consegue ficar mais sem essas tecnologias,apesar de não ter um contato profundo com as mesmas,ela aproveita bastante vendo suas novelas, conversando por horas pelo telefone com sua irma que mora longe algo que era muito dificil de se acontecer,enfim, para ela é essencial para viver bem e melhor do que antes !

Paola Camila Augusto 3ºD

guh panda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
guh panda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Breno_Morais disse...

Conversei com uma pessoa que viveu em uma época sem tecnologia e perguntei o que ela achava de todos esses aparelhos eletrônicos de hoje em dia. Ela me respondeu que os aparelhos eletrônicos facilitam para todos, mas ainda não se acostumou, como nós jovens somos acostumados, com essa tecnologia. Contudo, me disse que os mesmos são úteis a todos nós e, inclusive, ela utiliza um desses aparelhos eletrônicos, que é o telefone celular, para se comunicar com familiares de fora. Uma comunicação fácil, que antigamente não existia como hoje.

Breno Morais 3ºC

guh panda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
guh panda disse...

1 sim as dificuldades,pois antigamente muitas pessoas nem sabia,quantas pessoas havia nesse mundo veio a tecnologia as pessoas entenderam o quanto era grande esse mundo!E como minha avó disse era um telefone em cada mercearia e olhe lá,era raro ter ligação, e minha avó até hoje não sabe como é possível mexer numa tela de vidro e ter algo lá dentro.Para interagir vamos dizer assim: a tecnologia trouxe para o mundo uma nova maneira de se viver e tudo mais fácil,o ruim e que não temos mais saúde, mais mentes abertas como antigamente, somos vítimas dessa tecnologia e não conseguiremos viver sem ela mais!
E vem surgindo muitas outras tecnologias para esse mundo como por exemplo carros voadores que qualquer pessoa possa ter etc e meu pensamento!

Anônimo disse...

Troquei uma ideia com meus avos que viveram nos tempos mais antigos, eles falaram que aqueles tempos eram muito bom, mais tinham uma vida muito sofrida, porque tudo era mais complicado de fazer em vista de hoje. Não tinha energia elétrica era lamparina, a água era buscada na bica , o banho era de bacia, não tinha conduções, andava era só ape, e tinham uma vida saudavel.
Com as novas modernidades eles também gostaram muito porque facilitou bem suas vidas como o surgimento da energia elétrica eles tem mais conforto. Com o surgimento do telefone eles gostaram muito porque pode se comunicar com parentes distantes.Ai eles me falaram que não se acostumou muito com esses aparelho eletronicos, mais facilitou muito para eles.
E eles falaram que por tudo que eles passou antigamente ainda eles sentem saudades daqueles tempos.

Igor Almeida Reis 3°C

Anônimo disse...

Conversei com minha avo sobre o assunto e a resposta foi oque antes era difícil de fazer hoje esta muito mais fácil, pra fazer uma ligação tinha que andar muito, hoje com alguns cliques e possível não tinha energia nem acesso as informações como hoje, ate para ir para escola era difícil, pois não tinha meios de transporte e uma distancia muito grande entre a escola e a casa onde eles moravam, as condições de vida não eram muito boas, mas não tinha essa violência como hoje a saúde era tratada com remédios caseiros. A tecnologia chegou e ajudou muito porem tem o lado ruim que pessoas ficam dependentes de aparelhos eletrônicos e perderam o costume de sentar na calçada no fim de tarde para conversar etc...

Guilherme Felipe 3°c n°14

Larissa Ferreira Vaz disse...

Tive uma conversa com avó a gente riu bastante, ela conto que antes na época dela não tinha nada disso, tecnologia pouco se ouvia fala nem existia essa palavra, celular, carro era muito difícil de se ver para fala com um parente longe era semanas pra carta essas coisas chega lá. Ela disse também que o serviço antes era bastante, serviço bruto, faltava era vagas para trabalhar o negócio era na enxada mesmo e todo mundo trabalhava, ela disse que hoje é mole demais tudo fácil trabalha quem quer que também as coisas vem tudo na mão fácil. Ela falo que hoje é bom de mais, e que o povo de hoje não aguenta mais viver sem essa tecnologia essa revolução... rimos bastante com a história dela de ter que busca lenha nas costa etc.... Foi boa conversa. Hudson Castro 3• F

Unknown disse...

Conversei bastante com minha avó tivemos uma conversa maravilhosa, ela me falou que na época dela ninguem ligava muito para essa coisa de tecnologia e que a época dela era maravilhosa, e que as coisas que ela fazia era divertida e não viciante, ela brincava de amarelinha, rouba bandeira e várias outras brincadeiras,mais as coisas antes era muito difícil também pois pra se comunicar com pessoas de longe era através de cartas ou tinha que andar bastante pra achar um telefone, mais ela me disse também que a tecnologia hoje em dia pra ela tem seus lados bons como a comunicação, os meios de transporte porque antes eles tinham que andar a pé e era uma distância muito longa e disse que hoje ela não consegue mais ficar sem celular. Foi uma conversa muito boa.

Amanda Aparecida Batista De Jesus 3°B

Anônimo disse...

A pessoa com quem eu conversei me disse que viveu em uma época em que não existia tv a cores, e que para conversar era só pessoalmente, ou através de cartas, haviam poucos telefones, e celulares eram coisas luxuosas que somente pessoas que tinham uma condição financeira muito boa podiam ter. Ela disse também que a tecnologia melhorou muitas coisas, hoje em dia temos muito mais facilidade para nos comunicarmos, comprar as coisas, etc. Mas ela disse que sente falta do mundo de antes, principalmente das cartas, pois segundo ela os jovens de hoje em dia ate perderam um pouco do romantismo pois deixaram as cartas de lado, e só pensam em publicar as coisas nas redes sociais. Apesar de que as coisas eram muito mais difíceis, ela também prefere o mundo de antes porque essas mudanças tecnológicas vem causando danos muito grandes á natureza, o que não é só o caso de aparelhos eletrônicos, mas também coisas mais simples como por exemplo as fraldas descartáveis. Segundo ela a tecnologia também afasta muito as pessoas, pois ficamos tão preocupados em conversar com quem está longe que muitas vezes esquecemos de dar atenção e aproveitar os momentos com as pessoas que estão perto.
Foi uma conversa muito agradável.
Ranelory Aparecida Moreira De Souza 3°F

100% android disse...

Tive uma boa conversa com minha vizinha que já é idosa, e fiz as seguintes perguntas para ela :

1-Como era a tecnologia quando mais nova?

R= Antigamente era mais difícil não tinha internet e muito menos celulares, as televisões tinham poucos canais e eram preto e branco, além disso quem tinha aquelas televisões eram considerados ricos

2-Você imaginou que a tecnologia poderia evoluir tanto?

R= Com certeza quase ninguém daquela época podia imaginar, já achava fantástico assistir novelas pela rádio

3-Como era a comunicação naquela época?

R= Era muito mais difícil que hoje em dia, hoje tenho meu telefone fixo e celular, mais naquela época quem tinha telefone era rico, pois eram muito caro, e com certeza não eram tão moderno como esses

4-A senhora acha que a tecnologia pode evoluir ainda mais?

R= Sim, se me fizesse essa pergunta antigamente eu não acreditaria, mais como vi que a tecnologia mudou bastante desde aqueles tempos, com certeza ela pode evoluir cada vez mais

5-Além de muitos pontos positivos, a senhora acha que a tecnologia pode a ver pontos negativos?

R= Sim, a tecnologia facilita muito a nossa vida hoje em dia, mais muitas crianças estão deixando de sair pra brincar na rua, por conta disso, isso é muito ruim pois antigamente saiamos pra brincar e conhecíamos novos amigos

6- A senhora já conseguiu se acostumar com as redes sociais hoje em dia?

R= Já me acostumei a ver pessoas com celulares em todos os lugares, mais ainda não estou acostuma a mexer nessas “tal” de redes sociais, pra falar a verdade nunca mexi

7- você sente alguma dificuldade em questão da tecnologia esta em quase todos os lugares?

R= Sim, ainda não me adaptei muito bem, uso meu celular apenas para ligações, mais a um tempo atrás quando fui procurar trabalho, empresas me pediram pra enviar currículo por email, que foi uma dificuldade para mim

8- quais foram os principais pontos positivos, no seu ponto de vista?

R= O que vejo de mais surpreendente na tecnologia hoje em dia, é o fato de poder comprar coisas pela internet, e enviar mensagens em segundos, coisa que antes levava 3 meses para enviar uma carta pra um parente de longe

9- Quais foram os principais pontos negativos, no seu ponto de vista?

R= Um dos pontos negativos é o fato das crianças deixar de viver suas infância que é uma das fases mais gostosas da vida, pra viver um mundo virtual, outro ponto negativo é que a tecnologia facilita a comunicação de criminosos com crianças.

Nome: Raphael Fernandes Oliveira
Nº 31
sala: 3ºA

Anônimo disse...

De acordo com o que foi passado dentro de sala pelo professor, procurei buscar ao máximo o roteiro sobre a tal conversa com um idoso, acima de 60 anos, este qual foi meu avô paterno. Tivemos um longo bate papo, onde ele foi muito claro e evidente quanto aos aspectos modernos, científicos da época dele. Meu avô estudou e teve um curto espaço de tempo como técnico no Senai "antigo" em Itabirito, residido no bairro Usina; ali pôde acompanhar e utilizar de poucos materiais destes já citados. Aos 19 anos, serviu a base aérea Brasileira, permanecendo por 4 anos, com equipamentos tecnológicos, técnico-científicos. Na década de 70 já obtinha TV colorida na residência, pelo fato de poder acompanhar notícias do dia a dia, o futebol, o qual ele gosta, etc. Na antiga MBR, a sua experiência no Senai e o conhecimento nas Forças Armadas fizeram dele, um dos utilizadores dos maquinários da época na antiga empresa. Enfim, hoje nos dias atuais, têm-se o ponto de vista, que a Revolução Técnico-Científica, presente no mundo globalizado, ajuda e satisfaz a população. Quanto a ele, sabe utilizar bem, o telefone celular, a televisão, computador...
Nome: Alex Júnior Santiago de Carvalho
N-01
3F

Naylan de Paula Santos disse...

Estive conversando com um senhor de 68 anos de idade, e falei sobre as tecnologias mais importantes dos últimos anos, e quando eu citei algumas dessas tecnologias, ele me interrompia e pedia para repetir o nome e explicar o que era, ou seja, tirei conclusões de que o senhor não sabia do que se tratava e que não estava atualizado quanto a esse assunto.
Depois fiz as perguntas que deveria então, fui anotando cada resposta, e no final fiz uma conclusão:
1) No dia a dia, precisamos de tecnologias, para sobreviver, colocando que somos dependentes de algumas tecnologias. Como o senhor lida com as tecnologias diariamente?
-Na minha casa não temos muitas máquinas, aparelhos ou eletrodomésticos atualizados, o que eu tenho que é mais atualizado, é o meu computador. E sei mexer o básico, mas quando preciso de ajuda, vou até meu neto, pois ele entende muito melhor que eu.
2) Há dificuldades? Qual a maior delas?
- Sim, bastante dificuldade, principalmente quando pede atualização de algo, eu me sinto perdido, mas meu neto me ajuda bastante, ele já tentou me ensinar, mas eu não consigo, pois são muitos nomes estranhos.
3) Qual a principal mudança das tecnologias da sua época e de ultimamente?
-Sem nenhuma dúvida, é a velocidade e a eficácia, por exemplo, antigamente para fazer um milho cozido era necessário muito tempo para ascender e para manter o fogão a lenha ligado, e hoje em dia, com minutos você pode fazer isso em um micro-ondas. Se eu te falar você não acredita, eu sinto muita falta disso, gastar meu tempo no campo, aproveitando uma cadeira de balanço, e observando as paisagens.
4) Qual tecnologia atual, o senhor mais gosta?
-Ah, eu amo o meu colchão de massagem, quando me sinto cansado, ou quando minha coluna está muito dolorida, eu me deito, e tiro uma soneca, quando acordo, já me sinto bem melhor.
5) Você acha que a tecnologia é um ponto positivo ou negativo para toda humanidade?
-Difícil responder essa pergunta, pois sei que as tecnologias propõe um tempo mais rápido de se comunicar, de viagens, de estudar, e tudo isso bem mais prático, e com muito peso, a tecnologia ajuda em doenças, em hospitais, em laboratórios tentando fazer e descobrir curas, entre outros pontos que já ouvi bem, mas os pontos negativos pesam bastante, desemprego, desigualdade, exclusões sociais, e poluições ambientais e visuais e sonoras.
No final conclui que para a geração mais velha, a tecnologia também trouxe efeitos, como prolongar sua idade, seu bem estar, mas eles se sentem excluídos pois algumas tecnologias precisam de reflexos e de alto conhecimento, sendo assim quase impossível o fato deles se aproveitarem corretamente das tecnologias.
De fato, eles sentiram muito as mudanças dos últimos anos, pois a vida que eles tinham no campo onde podiam ver pastos, paisagens, e pessoas trabalhando, hoje em dia ele só ver máquinas, pessoas estressadas, e fumaça de uma fábrica que tem perto da moradia dele.

Nome: Naylan
Número: 27
Turma: 3°F

Anônimo disse...

Tive uma breve conversa com um senhor de 79 anos pois vários fatores me impediram q realiza-se um bom diálogo e o principal foi a falta de informação e conhecimento do senhor sobre assunto tão comentado.

1- Como era a tecnologia na sua época?
R= A tecnologia existia apenas para pessoas consideradas ricas mas não era tão avançada como hj em dia. (Por isso temos tantos filhos brincou ele)

2-Na sua opinião quais foram as vantagens do avanço da tecnologia e as desvantagens?
R= As vantagens foram que agora podemos conversar com quem a gente quer pelo tal do celular ner e tudo q nós procuramos no computador achamos (ele não tem tanta experiência com a Internet) e também a gente pode trabalhar com isso ner...
Desvantagem: É que eu não sei mexer nessas coisas direito e vejo muita gente praticando crimes e n tem mais aquela diversão q as crianças ficavam na rua brincando agora estão tudo no celular. E o povo ta perdendo emprego (na minha época não tinha isso não)

3- Para você qual a importância da tecnologia nos dias de hoje?
R= Ah! Hoje em dia tudo q faz tem q usar a tecnologia. Até pra caminhar sempre tem o celular do lado. Então pra mim apesar de não sabe e utilizar é muito importante..

4- Vc teve algum contato com a tecnologia na sua infância e adolescência?
R= Não. Assistia televisão pela janela da casa dos ricos.

5- Em relação as crianças de antigamente e as de hoje em dia em que a tecnologia influenciou nas brincadeiras ou até mesmo na criação?
R= Na minha época as crianças não tinha nada disso não elas brincavam na rua com brinquedos q hj nem ouço mais falar no meu ponto de vista eram crianças bem criadas já nos dias de hoje elas só ficam na frente do computador no celular e se esquecem de viver.

6- Em sua opnião vivemos em um mundo melhor com a tecnologia?
R= A tecnologia tem muita utilidade mas eu prefiro viver no mundo como era antes, mas eu sei q até pra saúde eu preciso da tecnologia.

7- Hoje em dia você utiliza muito a tecnologia?
R= Sim. Pois msm eu tendo essa idade eu preciso dela pra fazer grande parte de tudo, até pra me lembrar de tomar os remédios...

Então essa foi a visão deste senhor sobre o mundo tecnológico de hj.
Na minha opinião a tecnologia nos trouxe muitas vantagens tais como a facilidade em se comunicar a forma de ter renda facilitou também as formas de trabalho porque muita gente trabalha pela internet.
Mas também nos trouxe muitas desvantagens tais como a falta de diálogo pessoalmente o sedentarismo os cyberbullyings e a séries de crimes cometidos pela internet o desemprego pois muita mão de obra humana foi trocada por máquinas....

Nayara Lourrana Maciel
Número: 26
Turma: 3 A

Gustavo Ferreira disse...

Ao conversar com minha avó com 73 anos, consegui tirar a conclusão de que a tecnologia mudou completamente o cotidiano das pessoas. Ela citou como exemplo os telefones, que antigamente era muito difícil fazer uma ligação e atualmente com apenas alguns cliques e em alguns segundos podemos ligar para qualquer pessoa em qualquer lugar e horário. A inovação tecnológica facilitou a realização de várias tarefas do cotidiano, mas também atrapalhou uma coisa muito importante, as interações entre as pessoas.
Para as pessoas mais velhas essa massa tecnológica que existe atualmente foi ou ainda é uma imensa barreira, muitos não conseguem se adaptar com tantas inovações, já outros tentam mesmo com uma grande dificuldade interagir com essas novidades.
Ela ainda sente falta de antigamente, mesmo com a enorme praticidade que as tecnologias trouxeram, segundo ela antigamente as pessoas eram mais felizes, tinham mais tempo para conversar pessoalmente e não se preocupavam tanto com o tempo, que hoje em dia é muito corrido, ou seja, ninguém tem tempo para mais nada.

Gustavo Edson – 3º A /Manhã

Renata Santos disse...

Conversei com minha vó que tem 62 anos, e ela foi bem realista quanto a tecnologia na vida dela.

O que a tecnologia trouxe para você ?
Na minha época mal mal existia o celular, coisa que só quem tinha uma condição de vida melhor conseguia comprar, mas na minha vida a tecnologia tem feito toda a diferença, tento me manter atualizada o máximo possível.

Quais as desvantagens de todas essas tecnologias?
Vejo uma grande diferença nas crianças dos dias atuais, antigamente como não existia praticamente nada de tecnologia viviamos mais em ruas brincando, criavamos os nossos próprios brinquedos, pois os pais não tinha condições de dar certos brinquedos, hoje em dia já não existe mais isso, as crianças preferem ficar em casa antenada no celular assistindo videos. Vicios em games.

Quais as vantagens do Avanço da tecnologia?
Comunicação rápida, conhecimento.

Teve dificuldade em se atualizar?
No incio sim, não entendia muito as coisas, mas com a pratica quem não aprende né?

Conseguiria ficar sem toda essa tecnologia?
"Consigo sim, mas fará falta"

Nome: Renata Santos Gomes Nº 33 3ºB

Anônimo disse...

Relato da minha conversa com um idoso sobre a nova modernização da tecnologia:
"O mundo de hoje afetou basicamente todos nós idosos em termos da nova tecnologia, antigamente as televisões eram como caixas (imagem em preto e branco e um péssimo som) e na medida que foi passando os anos só foram evoluindo e hoje em dia já não existe mais televisões de caixa, ou se existe muitos não possuem por causa da modernidade, pois já tem televisões de LED bem eficaz e de ótimas qualidades.
Os telefones, antigamente não eram todos que tinham, só os mais ricos. Mal conseguíamos ligar, com o passar do tempo foram evoluindo passando a ter mais utilidades como podendo usar rádio, imagens em vídeo, fotografias e audios tudo em um mesmo aparelho. Fora a facilidade da comunicação. Mas para mim essa modernização trouxe dificuldades, mesmo tendo evoluído junto. Mesmo assim, não vivo sem telefone."
Em meio de tantos anos os idosos acabam se perdendo entre o mundo da nova tecnologia.
Ana Flávia Castro n°02 - 3°C

Anônimo disse...

A tecnologia atualmente vem se destacando cada vez mais com toda a sua inovação e vantagens, mas também tem suas desvantagens.
Com base nisso, conversei com algumas pessoas de idade superior a 60 anos, fiz algumas perguntas e me impressionei com as respostas:
1) Você imaginava que um dia iriamos ter toda essa tecnologia?

“Até pensava que seria melhor, mas nunca pensei que poderia chegar aonde chegamos. Aliás, quem iria imaginar que um dia teríamos um aparelho eletrônico que caberia na palma da nossa mão e com isso, poderíamos aprender culturas, conhecer lugares e nos comunicar com pessoas distantes sem sair de casa?!”

2) Hoje em dia, a diversão dos jovens é a internet. Na sua época, como era a diversão?

“Na minha época quase nem tinha televisão com cor. Nossa diversão era brincar na rua, ser mais sociáveis com as pessoas, e não ficar trancado em um quarto com o celular ou computador.”

3) Você vê dificuldade na tecnologia atual?

“Muita dificuldade. Eu mal consigo atender uma chamada nesses celulares mais modernos. E sem contar que os jovens não tem paciência de ensinar também. “

4) Quais são as vantagens que você vê com toda essa tecnologia? E as desvantagens?

“Na TV a gente tem a notícia quentinha a toda hora, de qualquer lugar do mundo, e creio que na internet também. Porém, não vejo mais os jovens se comunicando como antigamente.”


Ketlin Karolyne B. de Melo
N°15
3°B

Fernanda Cristina disse...

Bom conversei com minha avó ,tem 65 anos, que morava numa roça , e ela tava me contando que na época ela nunca tinha visto um celular , comunicação era uma coisa muito difícil , que eles pediam uma pessoa que tinha cavalo pra manda um recado pra tal pessoa , ou senão só iria se comunicar se fosse na casa da pessoa , que também quando passava mal ou cuidava com os chás , ou iria ao medico apé pois não tinha carro ou ônibus que poderia leva-la .E quem tinha carro era só pessoas ricas .
E que agora com essa tecnologia é mais fácil de se comunicar e ate mesmo cuidar da saudê é tudo mais moderno , hoje em dia a maioria tem seu carro próprio , celular ,e passa ônibus quase todas horas , e também na roça onde ela morava agora tem um posto medico , onde o medico vai duas vezes por semana , também passa ônibus três vezes por semana , se for preciso ambulância vai buscar . que essa tecnologia não melhorou só nas cidades mas sim como na roças que tinha muitas dificuldades !
FERNANDA CRISTINA 3°C N=13

Kadu Loopes disse...

Nosso dia-a-dia e muitas vezes já está tão inserido no cotidiano que nem nos damos conta de que há pouco tempo não existia a tecnologia. Temos que levar em conta essa afirmação para as pessoas mais velhas, pois crianças e adolescentes já estão inseridos automaticamente nesse novo estilo de vida. Antigamente sem essa tecnologia as pessoas usavam a força bruta e não tinham nenhuma e se quer ajuda de máquinas e etc... No vídeo em que mostra cenas do filme de Charlie Chaplin revolução industrial, já havia algumas maquinas, mas as pessoas tinham que ajudar, o trabalho por ser tão repetitivo algumas pessoas ficavam com "tic nervoso", os meios de comunicações da época era por meio de carta, telefone de mesa com disco e entre outros.
Carlos Eduardo Lopes n 09, 3°C

Anônimo disse...

A globalização, tecnologia e inovação para uma pessoa mais velha é quase uma surpresa, é diferente, mas que precisam ter uma adaptação para a comunicação.
Tive uma conversa com um senhor mais velho, amigo de meu avô. Perguntei como era a tecnologia quando mais novo, como lidar com ela e se há dificuldade.
Leocádio me disse que quando mais novo não existia tecnologia, começou a trabalhar aos 12 anos, não existiam telefones e televisão, nem a lâmpada que temos em nossa casa hoje em dia, eram simples lamparinas.
Ele tenta se adaptar ao máximo para ter uma comunicação e informação da família, netos e amigos, "não dá pra conversar sem olhar na telinha."
Suas dificuldades são até mesmo com controle remotos, teclas de celulares, briga com a tecnologia. Gosta mesmo é de um bom livro, varanda de sua casa, com uma conversa boa e um café.
Mariana do Prado Pedrosa 3°C n°22

Unknown disse...

Desde revolução industrial, a tecnologia vem avançando disparadamente, principalmente em objetos que usamos em nosso cotidiano, um exemplo muito aparente são os celulares, as marcas de celular vem atualizando a cada ano, quase sempre é mesmo celular mais troca somente o formato,algum botão. Este exemplo fica claro que a revolução foi um dos principais combustível para o desenvolvimento do capitalismo.
Dois diálogo diferentes com vizinhos pode perceber que as gerações não interferir, ambos vizinhos da minha rua com mesma idade 63 anos, o primeiro gosta de tecnologias e está sempre procurando a aprender com seus filhos e netos a fecher com estas tecnologias, ele disse que sente esta necessidade de evoluir junto com estas tecnologias para se sentir mais próximos com seus filhos e netos principalmente em relação a comunicação.
Já segundo diálogo com outra pessoa tem visão oposta, ele disse que as tecnologias vem atrapalhando principalmente em convívio de União " é difícil quando você quer reunir a família mais metade está com atenção presa em uma tela que tem tamanho de uma mão é impressionante, ao mesmo tempo irritante " fora que pessoas vem valorizando menos o trabalho que ficou mais fácil devidos a máquinas, e também vem consumindo cada vez mais com invenção de coisas melhores " as pessoas estão maus acostumadas, procuram sempre mais coisa para facilitar e agir mais rápido ".
São pontos de vistas diferentes algumas pessoas com geração velha mais com espírito jovem que resolveu evoluir junto com a revolução, e outra que prefere a vida sossegada de antigamente.
Talita karolany Neves de Oliveira 3°F n°34

Matheus disse...

entrevistei uma amiga da minha mãe sobre o assunto e ela apresentou uma paciência enorme comigo . Ela me contou que sua maior dificuldade é acompanhar o mundo globalizado cm o avanço das tecnologias e do capitalismo . Sua maior dificuldade é em mexer em computadores mais completos de hoje em dia . a globalização para uma pessoa mais velha do que a gente que já nasceu na terceira revolução industrial é muito difícil , pois ela não consegue acompanhar o nosso raciocínio que compreende esse avanço tecnológico.




Matheus Mota Ferreira 3A nº25

Nicole Gurgel disse...

Me baseando nas aulas que tive, conversei com minha avó paterna de 75 anos. As respostas me deixaram bastante surpresa, pois não imaginava que pessoas poderiam viver sem todas as vantagens que a tecnologia nos proporciona.
Perguntem a ela como as pessoas faziam para se comunicarem sem toda a tecnologia existente, ela disse que quando era garota não existia correio para mandar cartas, e também poucas pessoas sabiam ler e escrever. Somente pessoas com alta renda, tinham acesso a este tipo de educação, e como minha avó morava bem no interior, tinha muito menos acesso. E quando eles tinham que falar alguma coisa para algum familiar distante, eles procuravam pessoas que sabiam ler e escrever e pediam para que escrevessem uma carta. E mandavam com algum viajante que ia passar pela cidade onde os familiares moravam. Ela me contou uma história até um pouco engraçada, que os pais dela mandaram uma carta para uma tia distante, contanto que o irmão de minha avó havia nascido, e que eles vieram visitar a criança já estava com quase 1 ano de idade. E eu fiquei pensando hoje em dia, não conseguimos esperar 10 minutos para uma pessoa responder, imagina esperar mais de dias, até meses.
Ainda sobre comunicação, ela me contou que o tempo foi passando, ela já moça aprendeu a ler e escrever o básico, e assim ficou mais facil mandar cartas, depois começou a ter o folhetim , radio , telefone, televisão entre outras coisas. Mas mesmo assim, minha avó conta que esses matérias eram luxo, que a família dela só vinha a ter quando eles saiam de linha, inventavam algo mais bacana.
Como o telefone fixo, ela usava da casa da vizinha, quando alguém ligava e queria falar com ela, ela saia correndo, por que não podia demorar porque era muito caro,para atender.
Hoje em dia ela fala que é muito facil ficar sabendo o que acontece ao redor, como no estado,país e etc. Antigamente as noticias demoravam a chegar, isto quando chegavam.
Mas ainda sobre o assunto comunicação, ela vê um ponto negativo, com as novas tecnologias, ela fala que as crianças perdem suas infâncias para um aparelho tão pequeno, perdem a oportunidade de fazer amizades reais, de ralar o joelho nas brincadeiras de rua, de conversar com os pais, e se perdem no telefone, e ela também tem muito medo,pois se preocupa em saber o que eles estão fazendo no telefone, porque ele vê tantas coisas que a deixam preocupada.

Eu achei muito interessante este trabalho, pois nos propôs conhecer um pouco sobre histórias muito engraçadas até, que ficaria muito tempo digitando aqui, e também saber como minha avó se coloca neste mundo de tantas tecnologias.

Nome: Nicole Gurgel - 3ºE

Anônimo disse...

É de conhecimento que a tecnologia está cada vez mais avançada e presente em nosso cotidiano.Tive uma conversa com a minha avó de 65 anos a respeito desse assunto. Segundo ela, as pessoas não tinham muita facilidade de acessar meios de informação e não existiam tantos meios de comunicação como existem hoje. Ela se surpreende ao ver coisas que para nós, pessoas que nasceram nessa "era tecnológica", são coisas simples. Perguntei se essas mudanças foram boas, ela disse: "Gosto muito de poder conversar com os meus filhos que moram em outras cidades, isso é ótimo!! Mas percebo que os jovens estão cada vez mais ''grudados'' nesses aparelhos e às vezes perdem o melhor da vida, as coisas mais simples que estão ao redor de cada um."
Com isso, podemos dizer que o avanço da tecnologia trouxe vários benefícios para todos, mas devemos saber utilizar todo esse "poder" tecnológico que temos em mãos.


Ana Luiza Lima Vieira - 3°C n°03

Anônimo disse...

Conversei com meu avô materno de 84 anos, foi uma conversa de muito aprendizado. Ele me disse que passou por muitas dificuldades, e que a tecnologia vem facilitando muito as nossas vidas, que antigamente nem imaginavam que existiria televisão, telefone, computador etc.As novelas eram transmitidas através do rádio, que nem todos tinham condição de ter, só pessoas com alta renda, e que hoje com o uso dos meios tecnológicos conseguimos fazer muito mais coisas, em menos tempo e obtendo resultados ate melhores , por exemplo se comunicar com alguém de longe, com tanta facilidade.Ele falou que isso também prejudica as famílias que não tem mais diálogo dentro de casa, que dificilmente todos se juntam em uma mesa para partilhar momentos e fazer refeições. Foi uma conversa muito produtiva e interessante.É surpreendente o quanto somos dependente da tecnologia.
Erlaine Rodrigues Pedrosa 9 - 3ºA.

Anônimo disse...

A tecnologia nos dias de hoje estão cada vez mais evoluídas , trazendo beneficios pra uns e outros, assim como relata minha avó de 69 anos.
" Isso tudo traz mais ajuda para voces de hoje que sabem lhe dar com 'essas coisas', porque nós mais velhos que não tinhamos acesso a nada disso na juventude não temos o custume de depender desses aparelhos . Eu só tenho meu rádio e telefone que não é dos mais modernos e passo raiva pra usar, já você que é viciada nisso tudo meche direito".
- Realmente ela possui várias dificuldades com a tecnologia de hoje em dia o que causa muita dependência de terceiros. Minha avó usa somente seu celular para ligações quando precisa e o rádio que ela tem mais apego por usar todos os dias. De outros aparelho ela prefere evitar . Eu por exemplo não possuo essas dificuldades , tenho muita facilidade até !
Laene Eduarda de Faria Silva 3·A

Anônimo disse...

Eu tive uma conversa informal com o anônimo que atualmente tem a idade de 63 anos.Este anônimo viveu a sua infância e juventude no campo,onde não havia energia elétrica como atualmente,vivendo em condições precárias,uma vez que em sua residência não existia eletrodomésticos como fogão,assim faziam o uso do fogão a lenha.Ele ate comentou que ia buscar a lenha para a mãe cozinhar e voltava bem cansado.Naquela época a tecnologia era muito extinta,mas o que ele mais queria era uma vida melhor e ter acesso ás informações.O entrevistado foi ter seu primeiro telefone celular aos 39 anos e mesmo assim eram aqueles de antenas e muito pesados e em relação á automóvel ele não conseguiu se adaptar,e conseqüentemente não dirige.Mas de uma forma geral hoje ele vive bem mais feliz e estabilizado.Um fato que se faz necessário comentar é sobre o local que morava,onde vivia a família quase toda em casas separadas,aqueles lotes não valiam nada,mas hoje todos aqueles lotes que não eram totalmente divididos tornaram-se condomínio,isso tudo graças aos avanços da tecnologia e aos avanços das maquinas de terra planejem(maquinários pesados).Portanto,é evidente que a Revolução técnico cientifica ou 3º Revolução Industrial mudou drasticamente o modo de vida das pessoas.
Nome:Lívia Pimenta Esteves 3ºD

Anônimo disse...

Senhor João de 85 anos , viveu sua infância no campo, aonde ajuda seus pais colhendo , plantando , fazendo favores aos seus vizinhos . Naquela época seus recursos eram precários , como por exemplo : não haviam o uso de energia elétrica, não havia televisão e nem celular ! Usavam fogão a lenha , ele junto com seus 6 irmãos iam buscar lenha todos os dias .
Como seus pais não tinham muito dinheiro e nem carro , seu trajeto de escola era a pé . Caminhava em torno de 10 à 13km por dia, era muito sofrimento! Porém disse que sua infância foi bem proveitosa ! Juntavam-se todos os colegas e iam direto para o "campinho" jogar futebol , gostavam muito de bolinha de gudes e pulavam amarelinha.
A Revolução Técnico Científica iniciou-se em meados do século XX e correspondeu ao processo de inovações no campo da informática e suas aplicações nos campos da produção e do consumo . Com essa grande descoberta Senhor João e junto com a cidade ficaram encantados como o surgimento da Televisão , viram pela primeira vez aquelas pessoas em preto e branco jogando futebol ,seus olhos até brilhavam de tanta alegria . Contudo , disse e reforça que antigamente as coisas eram muito difíceis. Para ir ao banco tinha que ir a pé , não havia computadores e nem caixas eletrônicos. Hoje em dia a tecnologia melhorou muito minha vida ,disse João . Porém devido sua idade não tem habilidades para manusear o caixa eletrônico e precisa de um suporte . Com o celular relata que foi uma coisa muito boa , principalmente por poder ligar para parentes distantes ..
Um outro fator que menciona e que é super benéfico, é a aprimoração e a tecnologia no meu da saúde . Ele com seus 85 anos de idade é portador de diabetes e com essa explosão de tecnologia e avanços sabe-se que está em ótimas mãos . Pois sempre poderá estar com sua saúde em dia , como uma alimentação melhor, rica em nutrientes, exames mensais entre outros . Para O Senhor João , as Inovações Técnico Científica foi de fato uma grande melhoria para a população .


Millena Menezes 3E.

Anônimo disse...

Bom, com base na conversa que tive com minha avó de 73 anos, ela me deu algumas respostas que me surpreenderam bastante. Perguntei a ela como era a tecnologia naquele tempo, como ela vivia naquela época e o que ela acha desse avanço que teve daquela época até os dias de hoje e com suas respostas fiz um pequeno resumo. Naquele tempo, existia tecnologia sim, mas não era tão avançada como nos dias de hoje. Como vivia na zona rural, era difícil ter tanto acesso, pois naquela época quem tinha mais acessibilidade eram pessoas que tinham boas condições de vida e que podiam ter diversas tecnologias em casa, a maior dificuldade era que naquele tempo não possuía luz elétrica então tinha que se virar usando lamparinas e velas, e também não possuía fogão a gás, então para fazer comida tinha que fazer o uso do fogão a lenha. Em relação com os dias de hoje ela vê diversos pontos positivos e negativos, os positivos são que hoje ela pode ter acesso a tudo que não teve em sua época e que facilitam bastante a sua vida nos dias de hoje e os pontos negativos é que para ela, a sociedade anda muito presa a esse mundo tão tecnológico, e que algo que deveria ser utilizado para o bem está se tornando um vicio entre muitas pessoas.
Nome: Daiana Moreira Martins N°06 Turma: 3° ano/B

Bruna Olímpio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruna Olímpio disse...

Tive uma conversa com minha avó.Ela disse que na época dela havia baixíssima tecnologia, o rádio,o telefone fixo,eram coisas que só quem era mais afortunado possuia. - "Atualmente tenho minha ''televizãozinha'' pra assistir meus programas,e para mim já está ótimo. (falas dela)
A idade dela já é avançada,então ela não consegue mais se locomover,até um banco,por exemplo,para retirar a sua aposentadoria,suas filhas que vão.
Ela ressaltou que não obteve habilidades para ter um telefone celular próprio,já que todas as filhas têm celular,quando alguém quiser conversar com ela,é só ligar para uma das filhas. Em relação aos dias atuais, ela vê pontos positivos,já que facilita a comunicação,e,a saúde também,já que para praticamente todas as doenças há remédios para a cura,ela mesmo toma quase 10 por dia,na época dela,as pessoas morriam por uma simples pneumonia. Mas,relata que com todos esses avanços tecnológicos, o mundo ficou muito mais perigoso,e as pessoas tornaram-se mais materialistas.

Bruna Ap. Olímpio André n° 08 3°F

Anônimo disse...

Entrevistei um vizinho Chamado Edson, não era de itabirito e veio para a cidade nos anos 90 em busca de emprego
1-contato com a tecnologia quando você tinha minha idade(18anos):
Nessa idade conhecia apenas o rádio, vim de uma família que passava bastante dificuldades financeiras e que morava na roça então tínhamos outras prioridades como o nosso alimento
2-sua opnião sobre tecnologia antes e depois de conhecer sobre o mesmo:
Quando não tinha muito contato pensava que era impossível de um dia eu estar por dentro do assunto pois era uma coisa bem difícil quando olha pelas primeiras vezes, depois que pegamos costumes e aprendemos a lidar tudo fica mais fácil
3-você usa aparelho smartphone? Com que frequência?
Hoje em dia o nosso celular é bem necessário quanto um documento nosso, pois estamos ligados a ele sempre precisando mexer ou consultar alguma coisa. Mecho todo dia, em aplicativos como YouTube, Facebook, wpp
4-sempre conseguiu acompanhar o avanço da tecnologia?
Antes ainda dava para acompanhar pois o avanço era mais devagar hoje em dia vivemos em um mundo muito intenso onde a disputa prevalece então cada dia tem uma novidade dificultando muito nós estarmos 100% por dentro
Paulo José Rodrigues Ferreira 3ºA n:27

Anônimo disse...

Nós adolescentes já nascemos na era da tecnologia, e nos adaptamos muito facilmente à mudanças tecnológicas atuais e que vem sendo implantadas, mas algumas pessoas, geralmente idosas sofrem com esse processo e não se adaptam tão bem ,como veremos a seguir em uma breve conversa com minha avó, Antônia de 73 anos, que é uma dessas vitimas da tecnologia, segundo ela quando era mais nova os banhos eram feitos com água na caneca esquentado no fogão à lenha , não havia televisão , muito menos telefone celular , que a propósito foi uma das coisas que ela não se adaptou , perdia chamadas , não conseguia atender , nem ligar , então não foi um avanço significante para ela , já o telefone fixo ajuda muito em sua comunicação com suas filhas e irmãs, a televisão também foi um bom avanço , pois ela gosta de ver suas missas e receitas de culinária que ficaram facilitadas de fazer no fogão a gás. Em conclusão os avanços mais "básicos" como chuveiro elétrico, fogão a gás, telefone fixo, televisão , foram de grande importância para melhorar a qualidade de vida de minha avó, já os mais avançados para ela não fazem diferença e as vezes ate atrapalham .

Ana Carolina Pedrosa Fernandes .Nº:02. 3ºD

Ana Carolina de Puala Santos disse...

Com base na conversa que tive com minha avó de 73 anos, ela disse que: “ Por eu ser uma pessoa de poucos estudos e ter vindo de uma família humilde, não tive contato com as tecnologias( se chamamos oque tínhamos de tecnologia)da minha época e para mim se adaptar a essas novas coisas(tecnologias)é muito difícil e complicado. Por isso não tenho muito contato com a internet, mas gostaria de ter pois do que vejo e ouço dos meus netos e filhos, as pessoas estão usando a internet e outros meio de tecnologias pra o seu uso maior como bancos, ler noticias, fazer compras, e muitos mais. Nos anos 50/70 o banco era uma coisa para se guardar muito dinheiro, eles anotavam o seu nome ,endereço e a quantia de dinheiro que se deixava lá, quando não precisava de um banco se guardava em casa mesmo , debaixo de colchões ou dentro de latas.Com oque vivi nessa nova era percebo que a tecnologia tem seu lado bom e ruim para nós, lado bom como esses celulares que fazem de tudo, televisão de cores e outros, de coisas ruins como vi uma época varias pessoas ficando sem empregos por causas das maquinas.
Ana Carolina 3A N-02

Anônimo disse...

"Os adolescentes de hoje so sabem mexer no telefone, não gosto disso" E foi essa a primeira frase dita pela minha avó, quando perguntei o que ela acha da tecnologia. Para ela a tecnologia é um mistério, como veio de uma família humilde quando pequena/adolescente não tinha contato com nada de novo, e a dificuldade em ler complica ainda mais a lidar com a tecnologia. Disse minha avó que a tecnologia é um processo importamte na vida das pessoas principalmente mulheres que trabalham fora e em casa, pois com maquinas de lavar, batetedeira, liquitificador, etc. a dona de casa ganha tempo e consegue fazer tudo mais rápido. Ela também destacou os avanços da medicina, que para ela é um dos fatores mais importantes. Ela também disse que tudo tem limite, e a tecnologia também precisa ter, afinal quanto mais tecnologia menos empregos. Para ela as principais tecnologias são: televisões, maquinas de lavar, transporte, e os avanços da medicina em geral.
Renata Dias N°32 Sala:3°D

Unknown disse...

No mundo atual com grandes avanços científicos e tecnológicos, se adaptar pode ser muito difícil para algumas pessoas,o que acontece com a minha tia de 65 anos. Conversando e fazendo as perguntas citadas a cima. Ela disse que na verdade a tecnologia para ela é bem útil e que não tem problema nenhum em interagir,pois,hoje em dia tudo gira ao redor da tecnologia.
Dizendo que sim,há dificuldades,mas sempre procura aprender precisando de ajuda das pessoas até mesmo em bancos.
Pergunta:
A geração de hoje já veio ao mundo conectados.Qual sua opinião com esses avanços tecnológicos,para a vida dessas crianças e adolescentes?
Hoje às crianças deixa de brincar por causa de telefone e até por isso mesmo ficam obesas e sedentárias é não se ficção no estudo e aprendem coisas que não deveriam.
-É possível lidar com as novas tecnologias sem pedra o contato real?
Sim.Dês que usada com moderação.
Sinatra Couto n-32 3F

Douglas T. Delladéa disse...

Fiz uma entrevista com meu avô Antonio, ele tem 67 anos e viveu bastante na época do inicio da evolução tecnológica no Brasil.
O primeiro ponto e o que mais chamou atenção a ele foi à partir dessas evoluções a rapidez em que as noticias chegavam as pessoas, antes por volta de 1965 ele lembra que para descobrir o que acontecia no exterior demoravam meses para chegar ao conhecimento dos brasileiros, para comunicar com alguém eles escreviam cartas que nem sempre chegavam ao destinatário. ''-Hoje fico impressionado com a rapidez na entrega das informações e na facilidade do poder de comunicação que as pessoas possuem, o mundo hoje é totalmente conectado como se fosse uma grande rede onde países e pessoas estão diretamente conectadas e ligadas umas as outras'' . Hoje ele lida bem com a tecnologia mas sente dificuldades em diversos pontos graças aos diversos pontos e possibilidades que a tecnologia proporciona as pessoas, diferentemente da minha avó Maria, ele se encaixou bem no mundo tecnológico ''-Hoje uso o WhatsApp para comunicar com meus parentes distantes, Trabalhei anos na VDL e conseguia ver o tão grande foi a importância das tecnologias tanto na produção dos materiais quanto na diversidade de lugares onde seus produtos eram repassados.'' . Hoje ele enxerga a tecnologia como algo vital para ele e para as pessoas no geral, já que não é só computador ou celular que são tecnologias e sim geladeiras, carros, aviões, televisões, etc. Ele também diz que a tecnologia deve ser escrava do homem e não o homem escravo da tecnologia
Douglas Tadeu Delladéa Júnior 3ºF (Só consegui enviar agora já que tive problemas com a Intercampo Telecom)

Anônimo disse...

Eu tive uma conversa com minha vo que tem 70 anos ela relatou:
Eu nunca tive muito contato com essas coisas de tecnologia ate mesmo q se me perguntasse o mesmo a 20 anos atrás eu nem ia saber te responder mas hoje em dia sei maos ou menos o quanto ela e bom pra mim por exemplo : a uns 10 anos atrás eu nao conseguia falar com minha irma que mora em Lafaiete agora e só discar alguns números no telefone e pronto já posso ouvir a sua voz isso e ótimo posso ate mesmo pedir o gas no telefone
Eu não sei como conseguem fazer uma coisinha tao pequena ser tao esperta lembro que quando era mais nova eu sonhava em ter um relógio de pulso achava muito legal hoje e muito comum
Se as coisas continuarem assim não vamos precisar sair de casa pra nada tomara que isso tudo não cause mal as pessoas

(Desculpe a demora espero que considere)

Welesson N39 3°A

Anônimo disse...

Ola.. boa noite ... Eu entrevistei minha vó de 60 anos e ela me respondeu as seguintes perguntas propostas

1)Como era a tecnologia na sua época?

Tudo que a gente precisava tinha que pesquisar em uma Biblioteca

2)Qual as vantagens e desvantagens da tecnologia em sua opnião?

Hj o mundo ficou mais prático pra tudo em comunicação e a desvantagem a muitos usam essa tecnologia pra o mal e atrapalha quem usa para o entreterimento

3)Quando criança você tinha alguma tecnologia em casa ?

Sim .. TV e rádio

4)Você acha a tecnologia importante no mundo atual ?

Lógico,pois hoje sem tecnologia o mundo meio que para no tempo

5)você acha que o avanço da tecnologia prejudicou as pessoas mais velhas ?

Sim ,porque eles ainda não tem o domínio dela ainda e complica a vida deles

6)Como a tecnologia influência nas brincadeiras das crianças hoje em dia comparada as crianças da sua época?

Hoje em dia não ha muitas brincadeiras na rua pois as crianças usam como foco o celular

7)em sua opinião qual a diferença da tecnologia de antigamente para a tecnologia de hoje?

Tudo, antigamente usavam disket e hj é possível salvar tudo com facilidade e em uma expansão incrível de GB

8)você acha que a tecnologia prende as pessoas?

Sim, as pessoas ficam travadas nos aparelhos eletrônicos e deixam de se imturmar no "mundo real" .
....(desculpe pela demora ... O dia foi meio corrido e difícil de se comunicar com minha vó Por isso demorei se poder considerar eu agradeço)

Jhorlan Raphael 3ano A